BOAS DICAS :-)

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Função Social da Aviação? - 11 ANOS do ASES - Apoio Aéreo em Situações Especiais - Pilotos levam pacientes em tratamento a centros de referência (2/3)

Nunca ouviu isso? OK, eu também não. Até porque eu achava que havia inventado/adaptado esta expressão até ver materiais como o do vídeo que compartilho.
Public Benefit Aviation in America Public benefit flights are in the air every day across the U.S.A. We can do that in Brazil. Read and know how we can initiate...

Convido-o a dar uma olhadinha no vídeo ao lado e continuar lendo.

Mas espera aí. Não há nenhum paralelo com a tal "função social da propriedade", ou quaisquer cunho ideológico associado. E nem vou comentar o Artigo 5° da Constituição de 88 (XXII - é garantido o direito de propriedade; mas... XXIII - a propriedade atenderá a sua função social;). Não se trata disso.
Se trata de algo NADA IDEOLÓGICO, MAS DE ALGO TANTO LÓGICO QUANTO INTUITIVO: TEMOS QUE AJUDAR, TEMOS QUE SER SOCIEDADE. 

Steve Purello, ganhador do Prêmio do Angel Flight West Endeavor Award disse-me este ano no Centro de Operações da Angel Flight SouthEast: "Madruga, RECRUIT PILOTS." Simples assim. E completou: "Eu chego pro proprietário de um avião de US$ 50... 100.000 e digo: olhe só pra beleza que é seu avião, o gasto que você tem com ele... VOCÊ TEM QUE AJUDAR. E eu sei como fazer você ajudar.

E se você conhece algum dono de avião, helicóptero, experimental ou não, já deve ter visto inúmeras vezes ele se esmerando, polindo e comprando os melhores equipamentos para mantê-los como obras-primas dos campos de aviação. Acontece que também os vi várias vezes conversando para onde iriam no próximo fim-de-semana, ou se iriam ou não em um festival aéreo...

FUNÇÃO SOCIAL DA AVIAÇÃO: NADA IDEOLÓGICO, MAS DE ALGO TANTO LÓGICO QUANTO INTUITIVO: TEMOS QUE AJUDAR, TEMOS QUE SER SOCIEDADE. 

"Madruga, go to other side of the table and Say: I know how you can help."
Conheço, particularmente, muitos que ficam se perguntando como manter suas preciosidades aéreas gastando menos. Porque, pode ter certeza, É FÁCIL SE TORNAR UM MILIONÁRIO NA AVIAÇÃO. BASTA VOCÊ SER BILIONÁRIO. Gasta-se muito com qualquer coisa carimbada "Aviation". Pegue um Boné de R$ 5,00 e escreva "Aviation". Pronto, ele de saída custará US$ 10,00.
Onde quero chegar?
Ao ponto de podermos motivar a aviação brasileira tanto e com mais responsabilidade social, a ponto de tais iniciativas criarem condições para, por exemplo, ao abastecer tua aeronave para um voo de uma rede sem fins lucrativos como o ASES (Apoio Aéreo em Situações Especiais), tal comprovação se converter em Doação para efeitos de Imposto de Renda. Se utilizares lubrificante "X" na inspeção de manutenção da Oficina "Y" seja abatido tantos % das Taxas junto à ANAC. Isso já ocorre em outros países, como nos EUA.
Outra medida que promoveria mais a formação de aviadores e a Utilidade Pública, de que os Aeroclubes são possuidores de tal status:
Se você conhece o mínimo da formação de um piloto comercial, sabe que primeiro a gente precisa "aprender a voar" (Piloto Privado). Quando se processa a instrução de Piloto Comercial o que ocorre é simplesmente uma Acumulação de Horas de quem já sabe voar. Necessita-se fazer, por exemplo, "X" horas de Navegação Aérea, pouco importando na maioria das vezes para aonde. Mas não se transporta pessoas ou carga, a não ser o instrutor, uma prancheta e seu lanche. E nem pode, pela legislação atual. Há - e tem que ter - restrições legais para se evitar táxi aéreo clandestino,  o seguro da aeronave é para atividade de instrução e não cobriria um eventual dano material/moral de passageiros não envolvidos com a instrução, enfim.
Mas... um avião de aeroclube, por exemplo, com capacidade de 2,3,4 passageiros queima combustível só pra 2 ocupantes acumularem 3 horas de voo (como um piloto comercial em instrução faria...). Por terra, com todos os perigos do trânsito, inúmeros pacientes em tratamento nos grandes centros necessitariam percorrer a mesma distância em quase 10 HORAS!
Olhe este Vídeo:

Resumindo: podemos, sim, destacar um ou dois aeroclubes devidamente autorizados pela ANAC e com suas apólices de seguro adaptadas para iniciarmos um projeto de apoio aéreo específico a determinados pacientes. Tudo isso gerenciado pelo Operações do ASES. E, futuramente, pode-se até abater as horas de voo de tais alunos, uma vez que a Distribuidora de Combustíveis "Y" consegue abater no Imposto de Renda tal Doação. Basta um bom e sério advogado tributário.
O aeroclube se torna um real meio de Utilidade Pública, do que um mero Yacht Club Aéreo (como o pessoal de fora normalmente nos vê), ajuda a manter as aeronaves e as formações e sua função social mobiliza a comunidade aeronáutica como um todo.


Será que podemos estar lá, em 2016?
Saiba mais em:
http://www.facebook.com/asesaces

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião...